separate
Carioca, devoradora de bacon, estudante de RI com fortes tendências geeks, mochileira de carteirinha, viciada em pinterest e sonhadora de plantão.
banner ad
logo
Fernanda Maia

Mudança!


Olá leitores de plantão! O Champanhe e Gentileza ganhou domínio próprio e agora é champanheegentileza.com! Você deveria ter sido direcionado para lá. Se, por algum motivo, veio parar aqui, basta clicar no link acima, ou escrever no seu navegador e ir conhecer as novidades que eu andei aprontando para você!
Beijinhos,




Fernanda Maia

Peru - Dicas de Viagem

O Peru está nas promoções de passagens aéreas constantemente nos últimos tempos e é uma ótima oportunidade para conhecer esse país maravilhoso! Eu só posso garantir uma coisa: você vai querer voltar para lá mil vezes!
Então, como fiz com a Bolívia, resolvi fazer uma listinha das experiencias que você não pode perder nesse país andino  maravilhoso e                                                                                             algumas outras dicas importantes!


EXPERIMENTE INCA KOLA!
A Inca Kola é um refrigerante amarelo-ouro formulado a partir da lúcia-lima. Como a maioria dos refrigerantes regionais que fazem muito sucesso a empresa foi comprada (49% dela) pela The Coca-Cola Company, mas continua sendo o refrigerante mais popular do Peru. Para quem não é muito fã de bebidas doces talvez não seja a coisa mais deliciosa do mundo (você já experimentou o maranhense guaraná Jesus? É no mesmo estilo). Mas a verdade é que você não pode ir ao Peru e não provar o refrigerante amarelo deles!


COMA! COMA MUITO!
A gastronomia peruana é riquíssima e deliciosa. Então não deixe de provar o maravilhoso Ceviche (de preferencia das cidades costeiras, onde o peixe é mais fresco), a carne de lhama/alpaca e o surpreendente cuy. A verdade é que esse último é uma experiencia inesquecível (não necessariamente deliciosa), afinal, não é todo dia que comemos porquinhos da índia assados, com as patinhas, a cabeça e tudo! Admito que é ligeiramente nojento, mas tem gosto de frango e é tradicional do Peru, portanto, mais uma das coisas que você não pode deixar de provar!




NEGOCIE TUDO!
O pessoal é um pouco pior de negocio do que na Bolívia, mas não custa tentar, muitas vezes conseguimos boas pechinchas. Especialmente nos táxis, sempre negocie ANTES de entrar, os taxistas são muito espertinhos e não existe taxímetro no país.

GUARDE O COMPROVANTE DE ENTRADA NO PAÍS.
Ele será cobrado quando você sair e caso não esteja com o documento você pode ter que pagar uma multa.

FIQUE NO WILD ROVER.
Como sempre vou recomendar o Wild, o melhor hostel que ficamos ao longo do caminho. No Peru eles tem dois estabelecimentos, um em Arequipa, muito bem localizado e com piscina. Como a cidade é pequena o hostel não é tão animado quanto os outros, mas não deixa de ter o clima de festa. E outro em Cusco, tão grande quanto o de La Paz, todos os quartos (exceto os para  16 pessoas) possuem banheiro próprio, o bar é enorme e as festas magnificas. No grande estilo desse hostel irlandês apaixonante! Não esqueça de reservar antes pelo site deles, pois geralmente eles estão lotados. No post sobre a Bolívia eu citei o hostel Loki, que é no mesmo estilo do Wild , porém em Cusco o Loki fica no topo de uma ladeira bem alta, o que pode ser muito cansativo quando se está a 3400 metros de altitude. Em compensação eles tem um hostel muito bem localizado em Lima.

VÁ DE TREM PARA MACHU PICCHU
Por mais tentador que sejam os pacotes que as agencias oferecem pelas ruas de Cusco ir de trem é a forma mais segura e garantida de chegar na cidade sagrada (se você não for fazer a trilha inca, claro). Você mesmo pode comprar o seu ticket pelo site da Inca Rail. Descobri depois que todo mês cai pelo menos um carro turístico da estrada que leva até Águas Calientes, não vale a pena arriscar.

TENTE COMPRAR O INGRESSO ANTECIPADO PARA MACHU PICCHU E HUAYNAPICCHU.
Desde julho 2011 o governo peruano limitou a entrada ao sítio arqueologico para 2500 pessoas por dia, para manter o controle eles começaram a vender pela internet os ingressos. Eu admito que não consegui. O site deles geralmente não funciona e é uma dor de cabeça para os viajantes, mas quem sabe você não dá mais sorte que eu? Comprando antecipadamente você evita o risco de extorsão pelas agências de viagens e vai tranquilo, com sua entrada garantida. As entradas custam a partir de s/128 e estão divididas em 4 tipos: a cidade inca em si, as ruínas e o museu, as ruínas e a subida à montanha Huayna e, por fim, as ruínas e a montanha Machu Picchu. Obs: o site só aceita Visa.

ENCHA A CARA DE PISCO SOUR!
A cachaça peruana não é muito gostosa não (na minha humilde opinião), mas o tradicional coquetel feito com ela, o Pisco Sour, me conquistou! Existe uma disputa sobre a origem do Pisco Sour entre Peru e Chile, mas a verdade é que esse coquetel está para os cardápios peruanos como a caipirinha está para os brasileiros, entendeu?! Não deixe de experimentar, a bebida é tão forte que com dois você já sente o efeito do álcool. E se você curtir tanto quanto eu pode comprar garrafas de pisco para fazer em casa nos supermercados ou nas lojas turísticas de todas as cidades do Peru. Depois é só usar a receita de Pisco Sour.

EXERIMENTE A CHICHA MORADA.
Lá você vai encontrar muito milho. Eles tem mais de 35 tipos diferentes de milho. Os que chamam mais atenção são um branco grande (muito usado no ceviche) e um roxo. É, roxo. E é dele que se faz a chicha morada, um tipo de suco tradicional deles. Ferve-se o milho com canela e outras especiarias e depois se descarta a espiga. O suco é encontrado em quase toda esquina e lanchonete e tem um gosto diferente de tudo que temos no Brasil, não se engane achando que vai ter gosto de milho, longe disso!
Uma outra dica dada por um amigo peruano norteño é a de experimentar a chicha de jora, uma cerveja a base de  milho jora (mais um tipo diferente!) que só é encontrada no norte do país.


E aí, gostaram das dicas? Agora é correr para um site de promoções de passagens e ir conhecer esse país maravilhoso! Boa viagem e não esqueça de dar outras dicas aqui quando voltar.


Fernanda Maia

Penedo - a Finlândia Brasileira

Tive o prazer de conhecer Penedo - RJ esse final de semana. A maior colônia finlandesa no Brasil é uma cidadezinha deliciosa perto da fronteira com Minas Gerais, cheia de fábricas de chocolate e decoração nórdica.

A cidade é famosa pela casa do papai noel, o clima de romance, o chocolate, as cachoeiras e a culinária diferenciada.

Para os mais aventureiros existem trilhas e haras ao redor da cidade. Para os naturalistas, belas cachoeiras. E para os ligados no lado gastronômico, como eu, fondues e chocolates para todos os lados!

No centro da cidade encontramos a Pequena Finlândia, um parque com ruas charmosas e lojinhas coloridas representando as pequenas cidades finlandesas, que são uma gracinha. Dentre elas a casa do papai noel no hemisfério sul, uma réplica quase exata da que fica na Finlândia, sobre o Círculo Polar Ártico, um pouco ao norte da cidade Rovaniemi, mas desde 1993 ele tem a sua casa "de verão" por aqui.


Quando entramos vemos uma árvore de natal cercada de presentes e potes de chupetas e mamadeiras que as crianças mandam ou entregam ao bom velhinho quando está na hora de abandonarem o hábito. A fofa agência de correios da mini-cidade (foto do topo do post) funciona como central do papai noel de modo que toda a correspondência destinada à ele é encaminhada à Casa de Papai Noel de Penedo.

Reservamos a Pousada Viking e que surpresa que foi chegar lá e encontrar um pessoal ensaiando dança finlandesa na varanda da casa. Já fomos recebidos em um clima super amistoso. O casal que é dono da pousada recebe a todos com a maior hospitalidade. O quarto que ficamos era amplo, gostoso e limpo. E o aquecimento do chuveiro podia ser feito por aquecimento solar (aprovado!) ou elétrico. Na manhã seguinte o café da manhã também foi muito bem estruturado, com muffins, pães, geleias e ovinho mexido feito na hora. Tudo ao som de uma trilha sonora deliciosa com o melhor da MPB e alguns clássicos do rock melódico que todo mundo conhece.

Vale a pena conhecer também a Casa do Fritz, um bar/restaurante no estilo alemão com um cardápio variado e muito gostoso e uma produção de cerveja própria, muito boas e que combinam perfeitamente com o clima da cidade. Portanto, não deixe de tomar pelo menos um chopp por lá.

A noite a dica é experimentar um dos rodízios de fondue, que são de dar água na boca. E depois, se você ainda tiver pique, curtir um som no Pub Irlandês da cidade, que sempre está animado, na noite de sexta (quando marcamos presença) tinha banda ao vivo. Entrada: 10 reais.



Outro ponto alto é o Clube Finlândia, onde acontecem os tradicionais bailes finlandeses. Uma tradição que vem sendo mantida desde a fundação do Clube Finlândia. Os donos das primeiras pousadas da cidade (todos finlandeses) costumavam levar os seus hóspedes para os bailes de Sábado. Nas noites chuvosas do verão muitos iam andando descalços pela lama das estradas de Penedo que ainda não eram asfaltadas, na entrada do Clube Finlândia havia um balde onde todos podiam lavar os pés e calçar os sapatos para dançar. Hoje em dia todos os hóspedes dos hotéis de Penedo podem usar seus carros para chegar no baile através da rua asfaltada e deixar os carros no estacionamento enquanto se divertem.

Como ainda não havia energia elétrica em Penedo, no início o baile era realizado com a luz dos lampiões e havia música ao vivo, o finlandês Markula tocava seu violino para animar a festa. Depois foi adquirida uma vitrola que funcionava quando se dava corda. Mais tarde o Clube adquiriu um gerador a óleo Diesel que iluminou as festas até a chegada da energia elétrica em Penedo, em 1970. Para saber a programação dos bailes basta entrar no blog do clube.

Agora que o inverno está começando você só precisa recolher suas botas, uma bela echarpe e partir pra Penedo!


Fernanda Maia

Spread Love: Caixa de ataque do coração!

Essa segunda estou continuando com a campanha Spread Love do Champanhe e Gentileza. A ideia é ensinar maneiras simples e baratas de você dar amor e carinho para as pessoas importantes da sua vida. Tudo por um mundo mais lindo e cheio de emoções!

Hoje vou mostrar uma parte do meu presente de dia dos namorados (as outras virão nos próximos posts da campanha). Fiz uma caixinha de Ataque do Coração. A gente dificilmente pensa em um lado positivo para essa expressão, mas se formos pensar um pouco menos literalmente sai isso aqui:


Vamos ao que interessa. Eu usei uma caixinha da cacau show que tava por aqui desde a pascoa, qualquer caixinha de papelão que você encontre pela sua casa serve. E muito papel colorido! No meu caso eu já tinha aqui um pacote de folhas cartolina coloridas que uso para scrapbook, comprei na papelaria mesmo e não foi caro, mas não lembro quanto. Você pode usar qualquer tipo de folha colorida, eu preferi essas porque são mais durinhas.


Com uma lapiseira marquei o formato da caixa no papel escolhido para ser a cor da caixa. Fiz cinco quadrados iguais e colei fita adesiva nos cantos de todos. Depois montei a caixinha.



Em seguida cortei corações coloridos e colei em todos os quadrados. Depois foi só cortar os corações de vários tamanhos. Você pode fazê-los todos da mesma cor ou coloridos, ou até em variações de rosa e vermelho.


Pra finalizar imprimi na fonte que escolhi a frase "Só abra se quiser um ataque do coração". E agora vai a verdadeira dica, você pode utilizar essa técnica para qualquer situação em que queira uma letra realmente bonita, ou uma fonte especifica de computador.


Vire a folha ao contrário e "pinte" a parte escrita.


Depois posicione o papel exatamente sobre o local que quer escrever e passe a lapiseira por cima das letras  com o máximo de cuidado e um pouquinho de força.
A marca das letras vai ficar no papel que você deseja decorar e agora é só cobrir da cor que você quiser.



Eu adooooro essa técnica, tenho utilizado ela para fazer scrapbooking e presentes e sempre cria um ar profissional que fica lindo!
Agora é só você começar a distribuir ataques do coração por aí!


Fernanda Maia

Excel Básico - uma apostila que vai mudar a sua vida!

Eu não sei vocês mas eu era uma verdadeira negação em excel até que um dia eu fui chamada para uma entrevista em um emprego que eu realmente queria. E quando eu cheguei lá TCHARAAAM! Você poderia montar uma planilha assim, assado? Tá, eu não sou idiota, eu consigo fazer uma tabela e até arrisco umas formulas de soma e subtração mas não vou muito mais longe que isso.
Fiz a planilha, me senti bem por ter conseguido, mas observei a minha falta de conhecimento. Se o pedido fosse um pouquinho mais complexo eu provavelmente seria reprovada ainda na primeira fase do processo seletivo. Me resignei então aprender esse tal de excel, que é tão necessário para a vida empresarial atual.
Já tava passando da hora não é mesmo?



Fui fuçar no titio Google (porque pagar um curso se você pode ser autodidata?! Eis a revolução da internet...)
Encontrei uma planilha feita por esses dois professores, o Edson Roberto Rezende e o Jorge Alberto Françóia, que mudou a minha vida! Em uma manhã eu li tudo, testei tudo no meu próprio excel e agora eu digo, eu sei usar funções do excel! Sei montar planilhas com cálculos que nunca imaginei! E é bem mais fácil do que eu pensava... Tá, eu não virei mestre em Macro ou coisa parecida. Mas eu me viro baby... E você?

E foi por isso que eu resolvi compartilhar essa fonte de conhecimento com o mundo! São 27 páginas com letras grandes e um monte de figuras que podem ajudar bastante os leigos como eu (era! HA HA)




Fernanda Maia

25 Lugares que parecem de mentira, mas são de verdade!

Sabe aqueles lugares que são tão exóticos e cercados de mistério que parecem de mentira? Essa lista reúne fotos dos lugares mais "malucos" da Terra, mas que podiam muito bem estar em outro planeta! Conheça esses paraísos...

1. Mt. Roraima, Venezuela:

2. Salar de Uyuni, Bolivia:


 3. Moravia, República Tcheca:

4. Campos de tulipas em Lisse, Holanda:


5. Islândia:

6. Namibia: 

7. Mina Naica - Chihuahua, México:


8. Metro - Estocolmo, Suécia:

9. Ilha Naval Mare - Vallejo, California:


10. Túnel do amor - Kleven, Ucrânia:

11. A estrutura Richat, Mauritania:

12. Zhangye, China:



 13. Monte Grinnel - Parque Nacional Glacier, Montana:

14. Caverna Hang Son Doong, Vietnam:


15. Lapland, Finlândia:  

16. Chand Baori - Abhaneri, India:

17. Lago Retba - Senegal:

18. Arco Berry Head - Newfoundland, Canada:

19. Gullfoss - Islândia:

20. The Stone Forest - Yunnan, China:

21. Socotra, Iêmen:

22. Caverna Cristal - Skaftafell, Islândia:

23. Porta do Inferno - Derweze, Turquemenistão:

24. Grand Prismatic Spring - Parque Nacional de Yellowstone, Wyoming:

25. A onda - Arizona:


FONTE: BuzzFeed



logo
Copyright © 2012 Champanhe e Gentileza.
Blogger Template by Clairvo